Atenção

Para compartilhar as atividades do Blog TEXTO EM MOVIMENTO em outros blogs é preciso ter autorização prévia. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

domingo, 19 de maio de 2013

Como estrelas na Terra - filme para educadores e pais


Para quem ainda não assistiu, este é um dos filmes que todo educador, ou pai/mãe deveria assistir.

Somos todos diferentes/Como estrelas na Terra



O filme conta a história de Ishaan Awasthi, de 9 anos,  que sofre com dislexia e custa a ser compreendida. Já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de repetir de novo. Não consegue acompanhar as aulas nem focar sua atenção As letras dançam em sua frente. Para seu pai acredita apenas na hipótese de falta de disciplina, é severo com Ishaan, demonstrando insensibilidade. O pai do garoto decide levá-lo a um internato, sem que a mãe possa opine sobre isso. O menino visivelmente entra em depressão, sentindo falta da mãe e do irmão mais velho, da sua casa...

 A filosofia do internato é a de disciplina rígida. Porém, acontece um fato marcante: um professor substituto de artes logo percebe que algo de errado acontecia com Ishaan, e reconhecer que o aluno era disléxico o fez por em prática um ambicioso plano de resgatar aquele garoto que havia perdido a vontade de estudar e de viver.

Informações Técnicas
Título no Brasil:  Somos Todos Diferentes / Como Estrelas Na Terra
Título Original:  Taare Zameen Par
País de Origem:  Índia
Gênero:  Drama
Tempo de Duração: 165 minutos
Ano de Lançamento:  2007
Direção:  /

Diferenças entre sinopse e resenha

Sinopse é um resumo, uma síntese de uma obra literária, científica etc. Pode ser ainda uma versão mais curta de um texto original, seu principal objetivo é fazer com que o leitor entenda os pontos principais do texto original, se interesse ou não em ler a obra completa.


A resenha dependendo do seu objetivo, veículo de publicação e intenção, pode se apresentar de diferentes modos:

Resenha descritiva tem por objetivo principal informar o leitor e se limita a resumir o conteúdo de um livro, de um capítulo, de um filme, de uma peça de teatro ou de um espetáculo, é um texto informativo, sem qualquer crítica ou julgamento de valor. Trata-se de ideia resumida dos assuntos tratados, apresentando o maior número de informações sobre o trabalho.

Resenha acadêmica (ou científica) apresenta uma síntese e uma crítica sobre um trabalho científico, e pode ser elaborada com base em leitura motivada por interesse próprio ou sob demanda.

Resenha crítica, além de resumir o objeto, faz uma avaliação sobre ele, uma crítica, apontando os aspectos principais (positivos e negativos). Nesse caso é um texto de informação e de opinião.

No jornalismo, resenha é um texto de opinião com comentários de origem pessoal e julgamentos sobre o que está sendo analisado: um filme, livro, álbum, peça de teatro etc, e pode ser uma resenha descritiva ou crítica. Geralmente é chamada de Crítica ou Ensaio.

sábado, 18 de maio de 2013

Importância de trabalho em equipe


 


Vídeo bem humorado e interessante sobre trabalho em equipe. Quem conhece o Programa Superação Jovem está acostumado com o trabalho em times.

Seja na escola ou na vida, nada se faz sozinho, é preciso aprender a trabalhar em equipe, a liderar e ser liderado. Abaixo, um artigo bastante interessante sobre esse tema. 


A importância do trabalho em equipe

O psicólogo Abraham Maslow constatou que os indivíduos têm diversas necessidades, com diferentes forças. Sabemos que necessitamos de alimento, de abrigo, pagar nossas contas, de segurança no emprego, etc., mas também de nos relacionar com os outros e de sermos aceitos por eles. Sem isso nosso trabalho se torna enfadonho e sem graça. 


Trabalhar em equipe é mais divertido do que trabalhar individualmente, o que pode contribuir para melhorar nosso desempenho. 


Há... coisas na terra que são pequenas, mas extremamente sábias: as formigas, criaturas sem força, todavia no verão preparam a sua comida... os gafanhotos não tem rei, porém todos saem, e em bandos se repartem (Provérbios 30:24-27).