Atenção

Para compartilhar as atividades do Blog TEXTO EM MOVIMENTO em outros blogs é preciso ter autorização prévia. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Interpretação 6ºano A leiteira e o balde

Algumas das questões foram adaptadas do SARESP

A LEITEIRA E O BALDE DE LEITE

Joana, carregando na cabeça um balde de leite, dirigia-se rapidamente para a aldeia. A fim de andar mais depressa, tinha posto uma roupinha ligeira e sapatos bem cômodos.
Ia leve como o vento. Em seu pensamento, já estava vendendo o leite e empregando o dinheiro.
– Compro cem ovos e ponho a chocar. Posso muito bem criar pintos ao redor da casa. Quando crescerem, vendo todos e tenho um bom lucro. Com esse dinheiro,
compro um leitãozinho. Em pouco tempo, terei um porco bem gordo, pois só comprarei se o leitão já for gordinho. Cobro um bom preço pelo porco e compro uma vaca. Terá que vir acompanhada de seu bezerrinho. Será uma graça vê-lo saltar pelo quintal.
Joana entusiasmada, saltou também. O balde caiu da sua cabeça, e o leite derramou-se no chão. Adeus bezerro, vaca, porco, leitão, ninhada de pintos!
A pobre Joana voltou para casa, com medo que o marido brigasse com ela.
– É fácil fazer castelos no ar, pensava. Nada mais gostoso. Na minha imaginação posso virar rainha, usar uma coroa de diamantes e ter súditos que me adorem. Nada disso dura muito: uma coisa à-toa acontece, e volto a ser Joana Leiteira.

(GÄRTNER, Hans & ZWERGER, Lisbeth. 12 fábulas de Esopo. Trad. ALMEIDA, Fernanda Lopes de. 7. ed. Rio de Janeiro: Ática, 2003).


Após ler o texto, resposnda:

1. Em “Será uma graça vê-lo saltar pelo quintal”, o termo sublinhado refere-se ao
(A) bezerro.              (B) porco.                    (C) pinto.               (D) leitão.

2. Ao planejar o seu futuro, a imaginação de Joana é marcada
(A) pela ousadia.                    (B) pelo pessimismo.     
(C) pela timidez.                     (D) pelo otimismo.

3. Com que dinheiro Joana compraria os cem ovos para chocar?


4. Em que momento os sonhos de Joana se desfazem?


5. Em “Adeus bezerro, vaca, porco, leitão, ninhada de pintos!”, a pontuação que encerra essa frase indica uma
(A) triste constatação.                  (B) extrema satisfação.
(C) reflexão duvidosa.                  (D) lembrança desagradável.

6. Qual o significado da expressão “fazer castelos no ar...”?

7. Qual desses provérbios pode ser a moral dessa fábula?
(A)Vão se os anéis, ficam os dedos.
(B)Quanto maior a altura, maior o tombo.
(C)Não se deve contar hoje com os lucros de amanhã.
(D)Mais vale um pássaro na mão do que dois voando.