Atenção

Para compartilhar as atividades do Blog TEXTO EM MOVIMENTO em outros blogs é preciso ter autorização prévia. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

O pássaro e a formiga 5/6ºano - atividade de produção

Organização de cenas e produção textual


(Essa fábula em linguagem não verbal recebi de uma amiga há tantos anos, não sei realmente qual é a origem da publicação, mas como é uma atividade bem interessante resolvi compartilhar)


Atividade:
  1. Organização de cenas – numerar as cenas, qual é o primeira? O que está acontecendo? Como termina? Que tal colorir?
  2. Produção de texto (gênero fábula)- agora escreva a história segundo a ordem que você colocou as cenas. Como é uma fábula, não esqueça da Moral que deve vir ao final.

(Fábula O pássaro e a formiga)





sábado, 23 de fevereiro de 2013

A cigarra e a formiga - atividade de pontuação 5º/6ºano



Atividade: No texto abaixo troque os □ por um sinal de pontuação, segundo a tabela com o número de vezes que cada sinal ocorre:

Vírgula
7
Dois-pontos
5
Ponto de interrogação
4
Ponto de exclamação
2
Reticiências
1
Travessão
4
Ponto final
5




A cigarra e a formiga



Num belo dia de inverno as formigas estavam tendo o maior trabalho para secar suas reservas de comida□ Depois de uma chuvarada□ os grãos tinham ficado molhados□ De repente aparece uma cigarra□
 
   □Por favor□ formiguinhas□ me deem um pouco de comida□
 
As formigas pararam de trabalhar□ coisa que era contra seus princípios□ e perguntaram□
 
   □Mas por que□ O que você fez durante o verão□ Por acaso não se lembrou de guardar comida para o inverno□
 
Falou a cigarra□
 
   □Para falar a verdade□ não tive tempo□ Passei o verão todo cantando□
Falaram as formigas:
 
   □Bom□ Se você passou o verão todo cantando□ que tal passar o inverno dançando□ E voltaram para o trabalho dando risadas□

Moral da história□ Os preguiçosos colhem o que merecem□

(Fábula de ESOPO)

Resposta:

Gênero Biografia – sugestão para produção


Gênero Biografia – sugestão para produção



Após a leitura de algumas biografias, poderá solicitar aos alunos que produzam a biografia de alguma pessoa da família ou próxima, pois pedir que façam biografias de pessoas importantes a partir de pesquisas, eles podem apenas “colar” alguma da internet. A sugestão a seguir parte de algumas instruções que podem ser modificadas de acordo com o objetivo da proposta e da série.

Produção de BIOGRAFIA: 

      1 . Defina quem será o biografado (a), deverá ser alguém da família ou pessoa próxima, que tenha uma história de vida que você julgue interessante relatar.

      2.   Anote tudo o que já sabe sobre ela.


        3.   Faça uma relação do que você ainda precisa ou ache interessante saber sobre a pessoa; elabore as questões para entrevistá-la.


       4. Antes de entrevistá-la, comunique que essa entrevista será a base para produzir uma biografia e peça-lhe o consentimento, já que o texto poderá ser lido por várias pessoas ou fazer parte de um projeto da escola.


          5.  A partir das informações coletadas nos itens anteriores, comece a elaborar o texto, lembre-se que esta é apenas a  1ª versão.

  •  Como será o início do seu relato? O começo será a partir do nascimento? De algum fato relevante? 
  •   Quais fatos merecem maior destaque?


         6. Após verificar se seu texto está de acordo com o gênero proposto, faça uma versão final considerando:
      
  • As ideias estão claras, os parágrafos estão bem distribuídos?
  • A linguagem está de acordo com a norma padrão?
  • Existem problemas de ortografia ou de concordância verbal ou nominal
  • O texto está interessante para o leitor?

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

A questão dos direitos autorais e internet



TEXTOS A PROCURA DE UM AUTOR

A questão dos direitos autorais e internet
Fate®

A internet é uma das ferramentas mais fantásticas que o homem já criou, uma verdadeira revolução no mundo da informação . Você consegue se imaginar sem o computador? Sem a Internet?
Pois é, nem eu.

Posso pesquisar qualquer assunto, interagir com pessoas do mundo todo, estudar, mandar e-mails, saber as notícias, ter o meu blog, pertencer a algumas comunidades de amigos, reencontrar pessoas que perdi de vista há muito tempo, etc. Isso tudo sem sair de casa, basta conectar à rede mundial de computadores. Para quem trabalha muito com pesquisa, a Internet é uma das principais ferramentas, eu diria até indispensável.

Tanta informação flutuando na rede gera muita confusão. Muitas pessoas acham que qualquer conteúdo da Internet pode ser livremente usado por todos, ou que não existam leis de proteção na Internet. Textos, obras, ilustrações “estão” soltos nas páginas da web, e passam de sites, blogs , e com o tempo perdem a autoria, a origem, sem contar que muitos se apropriam de textos ou trabalhos de pesquisa, uns por falta de informação, outros por má-fé.

Muitos internautas pensam que o material disponibilizado na Internet é de “domínio público” e sendo assim pode ser utilizado de maneira livre sem obedecer nenhuma convenção. Textos e imagens são reproduzidos o tempo todo sem que os autores tenham conhecimento ou tenham autorizado. O problema não é a reprodução em si mas omitir a autoria. Algumas obras podem ser reproduzidas desde que não seja comercialmente, mas tem a obrigatoriedade de se indicar a autoria ou a fonte.
A Lei 9610 de 19 de fevereiro de 1998, altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências e pode ser aplicada também a Internet. Segundo a lei, O direito autoral se caracteriza por dois aspectos:
1. O moral – que garante ao criador o direito de ter seu nome impresso na divulgação de sua obra e o respeito à integridade desta, além de lhe garantir os direitos de modificá-la, ou mesmo impedir sua circulação.2. O patrimonial – que regula as relações jurídicas da utilização econômica das obras intelectuais.
Sendo assim, conclui-se que:
Textos, home page, site, blogs e outros que apresentem criatividade e forma original, é protegido, necessitando de autorização para ser reproduzido e estão submetidos à Lei dos direitos autorais.
Quando disponibilizar um texto que não você criou, procure dar crédito ao devido autor do texto aqui disponibilizado. Muitos textos estão aí “ soltos” na net e ninguém sabe quem escreveu, tome um certo cuidado com isso, pesquise e tente encontrar informações a respeito e se possível saber a autoria. É uma questão de respeito ao autor e também evita possíveis mal-entendidos.
Quem desejar saber mais sobre o assunto pode pesquisar na Internet:
· Sobre a Lei - no site do planalto.gov.br
· A LEI e a Internet – site do Scielo Brasil
· Outros sites que tratam da questão de direitos autorais