Atenção

Para compartilhar as atividades do Blog TEXTO EM MOVIMENTO em outros blogs é preciso ter autorização prévia. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Poema HISTÓRIA - Raul Bopp - Atividade

22 de abril - "Descobrimento" do Brasil . Esse poema é muito interessante para se discutir sobre a história do Brasil.

ATIVIDADE:

Qual o assunto desse poema?
Identifique os acontecimentos de nossa história presentes no poema...
Que diferenças você aponta entre o poema e o discurso tradicional da História?

HISTÓRIA  
(Raul Bopp)
                    
Nossa história é assim: 
Vamos pras Índias! 

Dias e dias os horizontes se repetem 
- Olha! Melhor mesmo é buscar vento mais pro fundo. 

Uma tarde um marujo disse: 
- Ué! Que terra é essa? 

Velas baixaram. E desembarcaram. 

- Terra como é teu nome? 
Cortaram pau Saiu sangue 
- Isso é Brasil! 

sábado, 19 de abril de 2014

Interpretação de texto - Carne no futuro pode ser artificial

Pode-se trabalhar tempo e modos verbais e interpretação de texto.  Adaptei para trabalhar as duas opções.
Carne no futuro pode ser artificial, diz estudo

Folha de São Paulo 17/08/2010
AGUINALDO MARINHEIRO 
DE LONDRES

Se você gosta de carne, corra para uma churrascaria, porque renomados cientistas acreditam que em 40 anos não haverá suculentos bifes para todo mundo. Muitos terão de comer carne produzida em laboratório. 
A advertência faz parte de uma série de 21 artigos científicos encomendados pelo governo britânico para projetar a situação alimentar do mundo em 2050. As conclusões: a população será de 9 bilhões de pessoas, e o consumo per capita de alimentos também crescerá, principalmente nos países em desenvolvimento. 

Por isso, será necessário aumentar muito a produção de alimentos. Haverá competição por terra e por água, e o preço da comida vai subir. Nos últimos anos, a tecnologia ajudou. Técnicas de plantio, melhora nas sementes e controle de pragas aumentaram a produtividade.
Na pecuária, estudos genéticos, inseminações artificiais e redução de doenças fizeram os animais terem mais peso (30% a mais no caso das vacas desde 1960) e darem mais leite (30% a mais por vaca no mesmo período). 

sexta-feira, 18 de abril de 2014

LER DEVIA SER PROIBIDO - Guiomar de Grammont

O texto abaixo expõe claramente o poder da leitura, com ironia, a autora argumenta que ler é indispensável para a vida. Esse texto é ótimo para se discutir a importância da leitura.
 Após o texto coloquei algumas sugestões.

Ler devia ser proibido
 texto de Guiomar de Grammont*

A pensar fundo na questão, eu diria que ler devia ser proibido. Afinal de contas, ler faz muito mal às pessoas: acorda os homens para realidades impossíveis, tornando-os incapazes de suportar o mundo insosso e ordinário em que vivem. A leitura induz à loucura, desloca o homem do humilde lugar que lhe fora destinado no corpo social. Não me deixam mentir os exemplos de Don Quixote e Madamme Bovary. O primeiro, coitado, de tanto ler aventuras de cavalheiros que jamais existiram, meteu-se pelo mundo afora, a crer-se capaz de reformar o mundo, quilha de ossos que mal sustinha a si e ao pobre Rocinante. Quanto à pobre Emma Bovary, tomou-se esposa inútil para fofocas e bordados, perdendo-se em delírios sobre bailes e amores cortesãos.
Ler realmente não faz bem. A criança que lê pode se tornar um adulto perigoso, inconformado com os problemas do mundo, induzido a crer que tudo pode ser de outra forma. Afinal de contas, a leitura desenvolve um poder incontrolável. Liberta o homem excessivamente. Sem a leitura, ele morreria feliz, ignorante dos grilhões que o encerram. Sem a leitura, ainda, estaria mais afeito à realidade quotidiana, se dedicaria ao trabalho com afinco, sem procurar enriquecê-la com cabriolas da imaginação.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Museu da Língua Portuguesa apresenta: Uma viagem pela história da nossa língua

O Museu da Língua Portuguesa convida para uma viagem pela nossa língua, que começa no ano 4000 a. C. e vai até ao século XVI.

Acesse o link:

http://www.google.com/culturalinstitute/exhibit/uma-viagem-pela-l%C3%ADngua-portuguesa/AQDfjY4m?hl=pt-BR&position=0%2C3

viagem

Além de nós - Uma viagem sobre a importância estratégica da língua portuguesa em algumas partes do mundo...

Uma viagem sobre a importância estratégica da língua portuguesa em algumas partes do mundo...Documentário da Rádio e Televisão de Portugal - RTPAcesse o link: http://www.rtp.pt/play/p212/e100296/alem-de-nosAlém de Nós: Língua Portuguesa
O documentário "Além de Nós" é uma viagem sobre a importância estratégica da língua portuguesa em algumas partes do mundo:Ásia, Macau, Brasil,  Angola... 

O documentário, inteiramente produzido pela RTP foi rodado nos últimos seis meses. A autoria e a realização é de Anabela Saint-Maurice e a produção de Ana Lucas. 

Neste projeto a RTP contou com o apoio da Fundação Macau, da televisão de Macau (TDM) e da Televisão Pública de Angola (TPA), entre outros.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Interpretação de texto (inferências e suspeitas inteligentes)


O texto a seguir parece muito vago, mas é possível saber do que se trata aliando a interpretação e o conhecimento de mundo. A atividade que eu adaptei  do Parâmetros em Ação ( Lá as só tem as perguntas da parte 1, mas eu sugiro trabalhar com mais informações, pois as respostas às essas questões se encontram no texto, mas dificilmente os alunos perceberão do que se trata. Já  na segunda parte, há  dicas que levarão o leitor  a dar um significado ao texto e na terceira parte os termos são decifrados, clareando (para todos) o sentido do texto.

 

Com gemas preciosas para financiá-lo, nosso herói desafiou bravamente os risos escarninhos que tentavam dissuadi-lo de seus planos. “Vossos olhos vos enganam”, retrucou, “um ovo e não uma mesa tipifica este planeta inexplorado!” E então três irmãs valentes se lançam em busca de provas. Desbravando caminhos, algumas vezes através de vastidões tranquilas, mais amiúde em meio a picos e vales turbulentos, os dias tornam-se semanas – tantas quantas os vacilantes que espalhavam rumores a respeito do horizonte. Finalmente, não se sabe de onde, criaturas aladas e bem-vindas apareceram, anunciando um sucesso momentâneo.


( In Texto e leitor, de Angela Kleimman, Ed. Pontes/Unicamp.)

Parte 1 - Após ler com atenção o trecho acima, responda:
• Quem nosso herói desafiou?   
• O que tipifica este planeta inexplorado?                              
• O que fazem as três irmãs?      
• Quem anunciou um sucesso momentâneo?

 Parte 2

Sabendo que as três irmãs são as caravelas  Pinta, Nina e Santa Maria, e esse  texto trata de um fato histórico, responda:

 -  Quem é o “nosso herói”?

 -  Qual é “este planeta inexplorado” de qual o texto fala?

  - O título do texto é:
                 A descoberta da _______________por ____________ _____________.

 Parte 3

Revendo o texto:

Com gemas para financiá-lo -a Rainha da Espanha, Isabel de Castela, empenhou suas próprias jóias para financiar a viagem de Cristóvão Colombo às Índias (América).

Desafiou os risos escarninhos - Os membro da corte desdenhavam de um um estrangeiro recém-chegado com uma proposta de atingir as Índias rumando para o Oeste, enquanto os portugueses alcançavam a cada dia mais conquistas, contornando a África.
 Um ovo e não uma mesa tipificam corretamente esse planeta inexplorado: Na idade média, muitos  acreditavam que a Terra era plana.

Abrindo caminho, às vezes através de imensidões tranqüilas, mas amiúde através de picos e vales turbulentos: Os perigos  da navegação em mares desconhecidos,  os aventureiros enfrentavam às vezes calmarias, às vezes grandes tempestades.

Os dias se tornaram semanas [...]: A demora para alcançar terra firme e o medo  da tripulação que temiam despencar quando o mar terminasse.

As três irmãs fortes e resolutas: A frota de Colombo era formada pelas caravelas Santa Maria, Pinta e Nina.

quinta-feira, 3 de abril de 2014