terça-feira, 24 de julho de 2012

Atividade - Coerência textual 2

Os parágrafos abaixo estão confusos porque estão fora de ordem.
Tente organizá-los, de modo que façam sentido.

    Apelo
    E comecei a sentir falta das pequenas brigas por causa do tempero na salada – o meu jeito de querer bem. Acaso é saudade, Senhora? Às suas violetas, na janela, não lhes poupei água e elas murcharam. Não tenho o botão na camisa, calço a meia furada. Que fim levou o saca-rolhas? Nenhum de nós sabe, sem a Senhora, conversar com os outros: bocas raivosas mastigando. Venha para casa, Senhora, por favor.
    Com os dias, Senhora, o leite primeira vez coalhou. A notícia de sua perda veio aos poucos: a pilha de jornais ali no chão, ninguém os guardou debaixo da escada. Toda a casa era um corredor deserto, e até o canário ficou mudo. Para não dar parte de fraco, ah!, Senhora, fui beber com os amigos. Uma hora da noite eles se iam e eu ficava só, sem o perdão de sua presença e todas as aflições do dia, como a última luz na varanda.
    Amanhã faz um mês que a Senhora está longe de casa. Primeiros dias, para dizer a verdade, não senti falta, com chegar tarde, esquecido na conversa de esquina. Não foi ausência por uma semana: o batom ainda no lenço, a prato na mesa por engano, a imagem de relance no espelho.
Dalton Trevisan, Os desastres do amor.
Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1968

Agora responda:

1.Quais foram os principais elementos que fizeram com que você escolhesse essa ordem dos parágrafos?

                       
2. Quem é a Senhora a quem o narrador se refere? O que aconteceu com ela? Como você chegou a essa conclusão.

3.Depois de organizar os parágrafos, você deve ter conseguido compreender certas particularidades da vida da senhora e do narrador . Cite algumas atitudes que o narrador e a Senhora costumavam ter que ajudaram você a entender como era a vida dos dois.

Um comentário:

  1. Adorei as atividades. Gostaria que vc compartilhasse incentivos à leitura que tenha dado certo...Meus alunos não gostam muito de ler, principalmente, os da tarde...

    ResponderExcluir