sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Atividade de leitura -Conto de escola - Machado de Assis


Conto de escola –  Machado de Assis


Planejamento:
Objetivos
Despertar o interesse pela literatura - a leitura como fonte de   conhecimento e de prazer;
Desenvolver o senso crítico e a criatividade.

Justificativa
Apresentar aos alunos um importante escritor brasileiro  , cuja obra é sempre atual:
apesar do   ambiente retratado   no conto estar muito distante da realidade dos alunos
do   século 21.

Realização:
Finalidades
Distinguir o gênero conto de outros gêneros narrativos, considerando a sequência
narrativa    , personagens, espaço, tempo e narrador;
Reflexão sobre a escola no século 19 e a escola atual.

Estratégias
Leitura colaborativa: durante a leitura, são levantadas questões os sobre as pistas
 linguísticas que        possibilitam a atribuição de determinados sentidos, escolha
do vocabulário, personagens:     características físicas e psicológicas,  descrição
do espaço, tipo de narrador, etc.

Habilidades
Levantamento de hipóteses de interpretação, inferências locais e gerais;
Reconhecimento das marcas do gênero;
Ampliação do conhecimento de mundo.

Capacidades
Ativação dos conhecimentos prévios;
Produção de inferências;
Elaboração de apreciações (estéticas/ afetivas/ éticas).

Contexto
O aluno deve perceber que a história se passa no século 19 (1840), outro momento histórico e  
 social; o vocabulário apresenta algumas palavras e expressões desconhecidas pelos alunos,
que podem ser compreendidas pelo contexto (inferência local) e também fazer uso do dicionário.
Em relação ao gênero conto, deve observar que a narrativa se passa em curto espaço de
 tempo e  espaço delimitado.


Problematizações
Discussão oral: Castigos aplicados em crianças com vara de marmeleiro e palmatória;
Como é a escola atual? Hoje esses castigos seriam permitidos? O estatuto da criança e
do adolescente.

Avaliação:
A atividade envolveu todos os alunos, que ouviram o conto prestando atenção no enredo e
nas características das personagens. Trabalhou-se a oralidade, a participação voluntária
dos alunos, troca de impressões e ideias sobre os conflitos vividos pelas personagens,
discussão sobre a ESCOLA atual, que vai além do ensinar “ler, escrever e contar”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário