Atenção

Para compartilhar as atividades do Blog TEXTO EM MOVIMENTO em outros blogs é preciso ter autorização prévia. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

domingo, 18 de agosto de 2013

O defunto vivo - interpretação de texto (causo) 7ºano



Aproveitando o mês do FOLCLORE, vamos contar e explorar um CAUSO? Essa história é bem engraçada, dizem que aconteceu mesmo, lá nas bandas das Minas Gerais...

CAUSOS são histórias contadas, representando fatos verídicos ou não, podem ser
engraçadas, fantásticas ou com um toque de sobrenatural (representando fatos verídicos ou não), passadas de geração em geração e  fazem parte do folclore brasileiro.

O defunto vivo

Em alguns arraiais do interior mineiro, quando morria alguém, costumavam buscar o caixão na cidade vizinha, de caminhão. Certa feita, vinha pela estrada um caminhão com sua lúgubre encomenda, quando alguém fez sinal, pedindo carona. O motorista parou.
- Se você não se incomodar de ir na carroceria, junto ao caixão, pode subir.
O homem disse que não tinha importância, que estava com pressa. Agradeceu e subiu. E a viagem prosseguiu.
Nisto começa a chover. O homem, não tendo onde se esconder da chuva, vendo o caixão vazio, achou melhor deitar-se dentro dele, fechando a tampa, para melhor abrigar-se. Com o balanço da viagem, logo pegou no sono.
Mais na frente, outra pessoa pediu carona. O motorista falou:
- Se você não se importa de viajar com o outro que está lá em cima, pode subir.
O segundo homem subiu no caminhão. Embora achasse desagradável viajar com um defunto num caixão, era melhor que ir a pé para o povoado.
De tempos em tempos, novos caronas subiam na carroceria, sentavam-se respeitosos em silêncio, em volta do caixão, enquanto seguiam viagem.
Avizinhando-se o arraial, ao passar num buraco da estrada, um tremendo solavanco sacode o caixão e desperta o dorminhoco que se escondera da chuva dentro dele.
Levantando devagarinho a tampa do caixão e pondo a palma da mão para fora, fala em voz alta:
- Será que já passou a chuva?
Foi um corre-corre dos diabos. Não ficou um em cima do caminhão. Dizem que tem gente correndo até hoje.                                             
         
(Weitzel, Antônio Henrique. Folclore literário e linguístico. Juiz de Fora, MG. EDUFJF, 1995)

Após ler este causo, e tendo em mente a estrutura e os elementos da narrativa, responda:


1.O narrador participa ou não da história? Justifique sua resposta com um trecho do texto.

2.Em “Se você não se importa de viajar com o outro que está lá em cima, pode subir”,
a)quem é o outro a quem o motorista se refere?
b)e como entenderam as demais pessoas?

3. Onde se passa a história?
 
4. Identifique no texto:
Situação inicial

Conflito

Clímax

Desfecho


5. Houve uma interpretação equivocada da fala do motorista e das pessoas que pediram carona? Que efeito esse fato traz para a história?
6.Você tem coragem de entrar ou ficar dentro de um caixão?Por quê?
7. Se você fosse um dos caronas  em cima do caminhão e se  ouvisse, de repente, alguém falando ou saindo de dentro de um caixão, o que faria?



14 comentários:

  1. Seus materiais são ótimos!!!! Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá professora, tudo bem?
    Vc pode me enviar o gabarito do texto O Defunto Vivo? Obrigada
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Tentei te mandar por amil, se não receber, me mande seu email.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto e acredito q os alunos tb vão gostar.Seria possível vc me enviar o gabarito?Obrigada

    ResponderExcluir
  5. Tentei te enviar, mas caso não chegue, precisa me mandar seu email. Um abraço,

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde,tem como me mandar o gabarito??Obrigada

    ResponderExcluir
  7. Me envie seu email para fate.profa@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Trabalhei esse texto com meus alunos,se divertiram muito!

    ResponderExcluir
  9. Não tenho como adivinhar para onde enviar o gabarito que que nesse perfil não consta nenhuma informação e muito menos o seu email. Caso você seja professor, envie seu email para fate.profa@gmail.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, parabéns pelo blog! Ótimas atividades!!!
    Gostaria do gabarito do texto O defunto vivo.

    ResponderExcluir
  11. Estou muito feliz por ter encontrado suas atividades. Você me ajuda muito.Parabéns e obrigada

    ResponderExcluir
  12. Meu Deus, ri litros com esse texto, muito bom, parabén!!!

    ResponderExcluir