Atenção

Para compartilhar as atividades do Blog TEXTO EM MOVIMENTO em outros blogs é preciso ter autorização prévia. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

quinta-feira, 10 de março de 2016

Atividade Verbete de Enciclopédia com GABARITO

Atividade: "Verbete de enciclopédia"

Adaptada das questões do Saerj de Língua Portuguesa

Leia o texto abaixo.
Botânica

BOTÂNICA – s. f. (do gr. botanikê, de botáné, planta.) Estudo científico dos vegetais. Adj. Relativo às plantas, ao reino vegetal, à botânica. Histórico. A etnobotânica encerra a origem da botânica, que foi praticada por todos os povos e consiste em conhecer e denominar plantas inteiras, partes de plantas (folhas, frutos, grãos) ou os produtos vegetais suscetíveis de serem usados como remédios, venenos, alimentos, bebidas e em magia. O
grego Teofrastos, discípulo de Aristóteles, foi o primeiro a propor uma classificação “desinteressada” das plantas, opondo monocotiledôneas e dicotiledôneas. Foi somente no séc. XIV que o afluxo de plantas novas, chegadas das Américas, estimulou o esforço de classificação botânica (Césalpin, Bauhin). No séc. XVIII, Lineu definiu numerosas espécies, porém classificou-as mal, enquanto os Jussieu delimitaram as grandes famílias. Enfim, no séc. XIX, P. de Candolle definiu as classes e as ramificações. A anatomia e fisiologia vegetais são as mais recentes: no séc. XVIII, Grew descreveu a reprodução por estames e pistilos. Haller estabeleceu a circulação da seiva em 1727; Ingen-Hoousz definiu a liberação de oxigênio por parte das plantas iluminadas em 1779; Thuert descreveu a fecundação das algas em 1854; Navachine determinou a dupla fecundação das angiospermas em 1898. No séc. XX, chegamos a bom conhecimento da fotossíntese (ciclo de Calvin), das auxinas ou substâncias de crescimento (Went), da simbiose (Noel Bernard) e das leis da florescência (fotoperiodicidade). A botânica atingiu o estágio de experiência em grande escala com os fitótrons (Pasadena, nos EUA; Gif-sur-Yvette, na França).
Grande enciclopédia Larousse. São Paulo: Nova Cultural, 1998, vol.4, p. 341.

1. Esse texto é um exemplo de
A) um relatório.      B) um verbete.         C) uma biografia.        D) uma notícia.

2. A que classes de palavras pode pertencer “botânica” e o qual o significado?

3. Qual é a origem dessa palavra?

4. Quem foi o primeiro a  propor uma classificação das plantas?

5. De acordo com esse texto, a fotoperiodicidade relaciona-se, diretamente, com
A) conhecimento da fotossíntese.          B) estágio de experiência.
C) leis da florescência.                           D) substâncias de crescimento.

6. Qual é a principal finalidade comunicativa desse texto?
A) dar uma notícia.                                 B) expor um saber.
C) localizar um endereço.                      D) relatar uma experiência.

7. No trecho “… classificou-as mal, enquanto...” ( . 10), a palavra destacada refere-se a
A) bebidas.                  B) plantas.                  C) espécies.                D) famílias.

8. No trecho “… ou os produtos vegetais suscetíveis de serem usados como remédios,...” ( . 5), a palavra    destacada significa
A) conhecidos.           B) impedidos.              C) possíveis.              D) recentes.

GABARITO
1. B) um verbete.  
2.    Substantivo - Estudo científico dos vegetais
       Adjetivo - Relativo às plantas, ao reino vegetal
3. Origem grega -  botanikê, de botáné, planta
4. Foi o grego Teofrastos, discípulo de Aristóteles.
5. C) leis da florescência.   
 6. B) expor um saber.       
7. C) espécies.       

8. C) possíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário