Atenção

Para compartilhar as atividades do Blog TEXTO EM MOVIMENTO em outros blogs é preciso ter autorização prévia. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

terça-feira, 4 de março de 2014

O conto da mentira - Interpretação de texto 5/6º anos

O CONTO DA MENTIRA



Todo dia Felipe inventava uma mentira. “Mãe, a vovó tá no telefone!”. A mãe largava a louça na pia e corria até a sala. Encontrava o telefone mudo.
O garoto havia inventado morte do cachorro, nota dez em matemática, gol de cabeça em campeonato de rua. A mãe tentava assustá-lo: “Seu nariz vai ficar igual ao do Pinóquio!”. Felipe ria na cara dela: “Quem tá mentindo é você! Não existe ninguém de madeira!”.
O pai de Felipe também conversava com ele: “Um dia você contará uma verdade e ninguém acreditará!”. Felipe ficava pensativo. Mas no dia seguinte...
Então aconteceu o que seu pai alertara. Felipe assistia a um programa na TV. A apresentadora ligou para o número do telefone da casa dele. Felipe tinha sido sorteado. O prêmio era uma bicicleta: “É verdade, mãe! A moça quer falar com você no telefone pra combinar a entrega da bicicleta. É verdade!”
A mãe de Felipe fingiu não ouvir. Continuou preparando o jantar em silêncio. Resultado: Felipe deixou de ganhar o prêmio. Então ele começou a reduzir suas mentiras. Até que um dia deixou de contá-las. Bem, Felipe cresceu e tornou-se um escritor. Voltou a criar histórias. Agora sem culpa e sem medo. No momento está escrevendo um conto. É a história de um menino que deixa de ganhar uma bicicleta porque mentia...

                                                    Rogério Augusto
                                            Folha de São Paulo, 14 de jun. 2003 Suplemento Folhinha

Após ler o texto, responda:


1.No início, o texto já conta o problema de Felipe. Qual era?

2. Que mentiras Felipe já havia contado?

3.Como a mãe tentava assustá-lo?

4.Qual foi o alerta do pai para convencer Felipe a parar de mentir?

5.Por que a mãe não deu atenção ao filho quando ele foi sorteado para ganhar a bicicleta?

6. Releia o trecho:  "Resultado: Felipe deixou de ganhar o prêmio. [...]"
       a) Por que isso aconteceu?
           
       b) Que mudança o fato provocou?
   
      
Questões 7 a 9, assinalar a alternativa correta.

7.Felipe começou a reduzir suas mentiras porque:
(A) começou a escrever um conto.                                 
(B) deixou de ganhar uma bicicleta. 
(C) inventou ter sido sorteado por um programa de TV. 
(D) seu pai alertou sobre as consequências da mentira.

8. No trecho “A mãe tentava assustá-lo.”, o termo sublinhado substitui:
(A) pai de Felipe.  (B) Pinóquio.   (C) cachorro.     (D) Felipe.

9. No desfecho do conto, ficamos sabendo que Felipe
(A) continua contando mentira para seus pais.        
(B) decide ler todos os livros sobre o Pinóquio.
(C) torna-se um escritor e volta a criar histórias.
(D) escreve um livro de normas para o campeonato de rua.

10. A que conclusão podemos chegar com base na história?





6 comentários:

  1. esse conto só tem paragrafo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi o que você quis dizer. O conto tem 5 parágrafos.

      Excluir
    2. Fátima Você è a altora deste conto ???

      Excluir
    3. NÃO, se você leu direito o texto até o fim, deve ter visto o nome do autor: Rogério Augusto e saiu na Folha de São Paulo, 14 de jun. 2003 Suplemento Folhinha.
      E não esqueça, AUTOR (A) é com U e não com L...

      Excluir
  2. gostei foi bem interessante isso deveria ser passado por todas as crianças mentirosas

    ResponderExcluir
  3. JORGE LUIZ DE OLIVEIRA MACHADO7 de abril de 2015 13:10

    mil, nota mil para "O conto da mentira" e a interpretação textual. Gostaria de ver teus projetos de incentivo à leitura.Confesso que tenho dificuldades para que eles tenham gosto pela leitura

    ResponderExcluir