Atenção

Para compartilhar as atividades do Blog TEXTO EM MOVIMENTO em outros blogs é preciso ter autorização prévia. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Como os jovens estão usando a “web”?

Por Ana Júlia Righettto -8ª. C

Jovens e internet, hoje com tanta tecnologia: amigos inseparáveis. Em parte isso é bom, para saber o que ocorre no mundo, estudar também ficou fácil, conhecer pessoas e assim como Weinberger disse “...a web está permitindo a humanização do conhecimento ao refletir quem nós realmente somos”.
A web nos ajuda a obter conhecimento, debater em grupo, descobrir coisas, tirar dúvidas e para conclusão dos fatos.
Mas a maioria dos jovens só quer saber de sua vida sóciovirtual, sites de entretenimento e de relacionamentos. Passam muito tempo presos nesse mundo virtual, não digo todos, mas sim, a maioria. Alguns, em vez de buscarem autoconhecimento, copiam a personalidade de alguma pessoa que conseguiu muitos amigos em seu profile.
Temos que ter um equilíbrio entre o mundo real e o virtual. A internet tem suas contradições, depende de como usamos. Todo jovem deveria ter uma orientação de como usar a web, por parte dos professores, dos pais e até de propagandas na televisão. Para usufruir o que a web tem a oferecer e não ficar só nesse mundo virtual.

2 comentários:

  1. Ana Júlia, você mostrou ter muita consciência! As redes sociais são ótimas, mas o uso da internet não deve ficar só nisso. Quantas notícias hoje estão disponíveis de graça para a gente pelo Google Notícias? Coisas que antes a gente só sabia vendo o Jornal Nacional de noite, ou comprando um jornal ou revista, muitos deles caros, dificultando o acesso? E agora podemos ler sobre as coisas quase no momento em que elas aconteceram, ler depoimento de quem estava perto do fato, ver vídeos, como ocorreu no terremoto do Japão, ler a mesma notícia escrita por pessoas diferentes. A internet é fantástica, basta saber usar, como você mesma apontou. Parabéns! Janaína, jornalista e geógrafa.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada , o seu elogio para mim é um estimulo .

    ResponderExcluir