Atenção

Para compartilhar as atividades do Blog TEXTO EM MOVIMENTO em outros blogs é preciso ter autorização prévia. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Atividade: Vaguidão específica

Objetivo: perceber a importância  de se construir um texto claro, compreensível e que transmita a ideia que se deseja passar ao leitor.

Etapas:
  • Levantamento de hipóteses: a começar pelo título - como algo pode ser vago e específico ao mesmo tempo?
  • Leitura do texto - quem são as mulheres que participam do diálogo? / do quê estão falando?
  • Sublinhar as palavras ou expressões quedeixam  essa  ideia vaga, exemplo:
― Maria, ponha isso lá fora, em qualquer parte. (isso o quê?) (pôr onde?)
― Junto com as outras? (outras o quê)
  • Reescrever o texto, resolvendo as questões de vaguidão que foram sublinhadas.
Obs.: 1. Lembrar que o autor do texto faz uma sátira a partir das ideias que as mulheres falam muito e que só elas se entendem.
2.essa atividade poderá ser realizada em dupla.


Vaguidão específica   
“As mulheres têm um jeito de falar a
 que chamamos vaguidão específica.”

― Maria, ponha isso lá fora, em qualquer parte.
― Junto com as outras?
― Não ponha junto com as outras, não. Senão pode vir alguém e fazer qualquer coisa com elas. Ponha no lugar do outro dia.
  Sim, senhora. Olha , o homem está aí.
― Aquele de quando choveu?
― Não, o que a senhora foi lá e falou com ele no domingo.
― Que é que você disse a ele?
― Eu disse para ele continuar.
― Ele já começou?
― Acho que já. Eu disse que podia principiar por onde quisesse.
― É bom?
― Mais ou menos. O outro parece mais capaz.
― Você trouxe tudo para cima?
― Não, senhora. Só trouxe as coisas. O resto não trouxe porque a  senhora recomendou para deixar até a véspera.
― Mas traga, traga. Na ocasião, nós descemos tudo de novo. É melhor, senão atravanca a entrada e ele reclama como na outra noite.
― Está bem. Vou ver como.
 Millôr Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário